7 Dicas para Aumentar as Vendas da sua Loja Online
10 out 2019

7 Dicas para Aumentar as Vendas da sua Loja Online

É inspirador imaginar uma loja online a faturar sem parar, não é? Uma loja que venda tanto que o deixa sem mãos a medir.

Imaginar que a internet é a América dos tempos modernos, a nova corrida ao ouro, a terra (digital) das oportunidades, onde o sucesso é mais do que uma garantia.

Afinal, as possibilidades são infinitas quando milhares de milhões de pessoas utilizam a internet a toda a hora, sem limites nem barreiras físicas.

Posso continuar a aumentar-lhe as expetativas mas, se não existir uma estratégia digital forte, corre o risco de tornar a sua loja numa espécie de mercearia de aldeia, perdida num recanto qualquer da internet, onde ninguém vai, ninguém compra, ninguém vende. Se assim é, de que vale ter uma loja online, se são só despesas, desilusões e frustrações, sem visitas nem vendas suficientes? Para quê tanto trabalho?

Ao longo dos anos na Bluesoft, temos trabalhado com várias marcas que chegam até nós após maus investimentos no online. Dizem-nos frequentemente: "a nossa loja online foi muito cara, deu imenso trabalho mas, não vende."

Esta é a razão pelo qual escrevi este artigo, quero "dar-lhe de bandeja" algumas dicas a seguir para começar a vender online com sucesso.

 

As lojas online desenvolvidas pela Bluesoft estão na lista das que mais vendem em Portugal.

 

Como vender mais online

A primeira peça do puzzle é saber como atrair as pessoas certas, porque sem visitas não existem vendas. As pessoas certas são as que têm uma maior probabilidade de se tornarem clientes, ou seja, são o seu público-alvo.

 

Tenha uma noção clara do mercado: Sabe quantas pesquisas existem, todos os meses, no Google pelos produtos que quer vender? Os seus produtos aparecem nos resultados dessas pesquisas?

 

7 Dicas para aumentar as vendas online

  1. Conheça o seu público-alvo
  2. Saiba o que procura o seu público-alvo, conheça o volume das keywords mais relevantes para o seu negócio
  3. Desenvolva uma loja online que cumpra as boas práticas de otimização com os motores de pesquisa
  4. Posicione-se na primeira página dos resultados do Google pelas keywords mais relevantes para o seu negócio (identificadas no ponto 2)
  5. Crie conteúdo original, relevante e de qualidade, orientado ao seu público
  6. Invista em publicidade online direcionada ao seu público
  7. Aposte no SEO para melhorar o posicionamento do seu website nos resultados orgânicos do Google (queira ocupar a totalidade da 1ª página)

 

Acima de tudo, valorize o posicionamento e a visibilidade: Imagine uma loja física na principal avenida da cidade. Agora imagine a mesma loja numa aldeia do interior. Qual acha que vende mais?

 

1. Conheça o seu público-alvo

Existem duas ações que fazemos de forma constante: uma é respirar, a outra é pesquisar no Google. Quando queremos algo, pesquisamos. A título de exemplo: só no mês de Novembro de 2018, existiram 450.000 (aproximadamente meio milhão) pesquisas por "Black Friday" em Portugal. As "Prendas de Natal" registaram 33.100 pesquisas em Dezembro, demonstrando assim que a recolha de informação, e consequente tomada de decisão, por parte dos Portugueses ocorre, cada vez mais, em ambiente online, sobretudo nas épocas festivas e durante as efemérides onde o consumo é mais acentuado.

As lojas online são feitas para vender nos 365 dias do ano. Para isso, é fundamental saber aquilo que pesquisa o potencial cliente, a que horas pesquisa, os seus interesses, preferências e até as suas emoções, e claro, aparecer em lugar de destaque (nos primeiros resultados) pelo que é pesquisado.

Tudo o que é pesquisado no Google é registado temporal e geograficamente (quando e onde ... e quem)! É sobre estes dados que devemos focar toda a atenção!

 

2. Saiba o que procura o seu público-alvo

Se a loja online vender calçado infantil, deverá aparecer na 1ª posição de resultados do Google por "calçado infantil", "sapataria infantil", "sapatos criança", "sapatarias colombo", "botas menina" e até por "regresso às aulas", caso não apareça, perderá milhares de potenciais vendas.

Se a loja online vender calçado de segurança, deverá aparecer na 1ª posição de resultados por "calçado de segurança", que tem 1.000 pesquisas mensais em Portugal. No Reino Unido deverá aparecer por "safety shoes", termo que conta com 14.800 pesquisas mensais. No entanto, existem outras pesquisas relevantes pelas quais a loja deverá aparecer.

 

aumentar vendas online

É fundamental a existência de um relatório de keywords relacionadas com a oferta da loja online. Esta será sempre a base de trabalho principal para uma estrutura otimizada, seja ao nível de conteúdos, seja ao nível técnico.

 

Ao pesquisar "sapataria infantil" encontrará um cliente Bluesoft na 1º posição orgânica

Ao pesquisar "calçado de segurança" encontrará um cliente Bluesoft na 1º posição orgânica

 

3. Desenvolva uma loja online que cumpra as boas práticas tecnológicas

Na Bluesoft as lojas online são desenvolvidas à medida, com máxima atenção prestada ao detalhe e à qualidade tecnológica. Tecnologia essa, otimizada, assente em dados estruturados e com elevados níveis de performance.

A internet atingiu uma dimensão, com milhões e milhões de novas páginas lançadas para a web todos os dias, em que os motores de pesquisa querem dados organizados e estruturados para serem consumidos com ordem e relevância. Em suma: "fazer a papinha ao Google".

Plataformas "pré feitas" como  Shopify, WooCommerce, são tentações fáceis, baratas e de rápida implementação. Contudo, não cumprem as boas práticas de otimização ansiadas pelos motores de pesquisa, sendo na maioria dos casos, classificadas como "lixo" por parte dos motores de pesquisa e aplicações. Conclusão: não vendem!

Para vender é necessário aparecer nos primeiros resultados de pesquisas, para aparecer nos primeiros resultados é necessário conquistar a credibilidade orgânica. Para que isso aconteça, a tecnologia deverá ser "perfeita" e seguir criteriosamente as "regras" do ponto de vista técnico, "uma espécie de relógio Suíço".

 

Ao pesquisar "dados estruturados" encontrará a Bluesoft na 1º posição orgânica

 

4. Posicione-se na primeira página de resultados do Google pelas keywords mais relevantes para o seu negócio

Se os produtos que quer vender não aparecem na primeira página de resultados, não têm visibilidade, não existem, logo não vende!

Seja ambicioso. Não queira só a 1ª posição de resultados. Queira toda a 1º página do Google pelas keywords do seu negócio.

 

Ao pesquisar "remoção de tatuagem", "preço remover tatuagem" ou outras keywords relacionadas, encontrará um cliente Bluesoft em todas as primeiras posições de resultados.

 

5. Crie conteúdo original, relevante e de qualidade

Não é à toa que o Marketing de Conteúdo é considerado o ouro do século XXI!

Como atrair, reter e envolver os consumidores?” Ora, num mundo onde 75% deles recorrem a pesquisas na internet antes de efetuarem uma compra, um bom princípio de base será apostar na produção de conteúdo relevante, o inbound marketing: tática que permite atrair a atenção do consumidor, no momento em que ele mais necessita de informação útil para satisfazer as suas necessidades.

Estes conteúdos devem acertar bem no público-alvo e nos seus problemas, nas suas dores, nas suas dificuldades. Tocando-lhe na ferida, o público-alvo vai sentir ainda mais a ferida. Sentindo ainda mais a ferida, vai querer tratá-la. Querendo tratá-la, vai procurar uma solução. Procurando uma solução, encontra a sua marca, os seus produtos. Afinal, a sua marca já lá estava.

Saiba mais acerca de Marketing de Conteúdo

 

6. Invista em publicidade online

Investir em publicidade online é uma estratégia a considerar. A publicidade paga permite-lhe:

  • dar visibilidade imediata ao seu produto a quem pesquisa por palavras-chave relacionadas com o seu produto;
  • dar a conhecer a sua oferta, por mais inovadora, irreproduzível e inominável que seja, a futuros consumidores;
  • impactar exatamente quem pretende atingir - se pretende que um homem, entre os 35 e os 44 anos, presente fisicamente na próxima Web Summit, veja um anúncio ao seu produto enquanto navega na web, é precisamente isso que vai acontecer com uma campanha paga corretamente configurada e inteligentemente desenvolvida.

 

Já agora, se pesquisar por "publicidade orgânica" ou "publicidade paga" no Google, encontrará um artigo nosso, exclusivamente dedicado à publicidade online, na primeira página dos resultados devolvidos.

 

7. Aposte em SEO

SEO, ou Search Engine Optimization, consiste numa série de implementações de ordem técnica e de conteúdos de forma otimizar um site para que os motores de busca (Google, Yahoo, Bing, Ask, entre outros), entendam o  conteúdo como relevante e o mostrem-no em primeiro lugar aos seus utilizadores. É esse o significado de SEO.

 

Se quer ser a referência de vendas online no seu setor. Contacte-nos e faça parte da lista das lojas que mais vendem online!

 


Pedro Duarte | Bluesoft

partilhe

1