No mundo digital as marcas têm de ser autênticas

05 abr 2018
No mundo digital as marcas têm de ser autênticas

Os consumidores estão a mudar, cada geração cria necessidades e estilos de vida radicalmente diferentes das anteriores, trazendo assim, novos e constantes desafios para as marcas.

 

“Generation gap” entre as marcas e os consumidores

Atualmente está a crescer a geração Z, que surgiu após 1997 e que se habituou a estar constantemente ligada, uma geração multitasking, exigente, que criou os seus próprios sensores e sofisticados radares de bullshit. Hoje em dia, uma criança de 8 anos tem a capacidade de escolher, não só, o conteúdo que é do seu interesse, como o conteúdo que é realmente autêntico.

Por exemplo, um vídeo com uma excelente produção e muito bem feito, pode ser perfeitamente inútil para comunicar com este target, por outro lado um vídeo sem qualquer tipo de produção "dita de qualidade" mas autêntico, que expresse o "sentimento" desta geração, poderá por sua vez gerar milhares de partilhas. Este é um grupo de pessoas para quem a publicidade nos seus termos tradicionais, não funciona.

Mas já vem de longe esta necessidade das marcas se adaptarem às novas gerações. Após 1980, surgiram os primeiros nativos digitais, a Geração Y também designados de Millennials. São eles os grandes protagonistas das selfies e os apologistas da personalização de produtos e serviços à sua medida.

 

Millennials, o grande desafio atual para as marcas

Esta é uma geração muito exigente digitalmente, que usa o Google diariamente para grande parte das suas decisões, que privilegia a experiência (o ser) e que não valoriza a posse (o ter). Que não gostam de acumular, mas de partilhar ou alugar, desde o carsharing ao cowork. Veja-se os exemplos da Uber o do Airbnb.

 

O que querem os Millenials (Geração Y)?

O que querem os Millenials (Geração Y)?

 

O que devem fazer as marcas para sobreviver?

As marcas têm de ser úteis a quem tem novos objetivos e necessidades. Por isso, o mundo digital tem que ser encarado com muita seriedade.

Os websites têm de proporcionar uma boa experiência de utilização, com elevados níveis de usabilidade e sendo otimizados para aparecerem nos primeiros resultados do Google pela sua oferta. Tudo isto aliado a uma estratégia digital que é essencial, de forma a criar e adaptar todos os conteúdos e funcionalidades a este exigente público alvo.

 

O que leva os Millenials a comprar?

 

Na Bluesoft temos 3 gerações, altamente qualificadas e eficientes, prontas para trabalhar para si:

 

  • 70% da equipa é da Geração Y - Millennials - (1980/1996)
  • 20%  da equipa é da Geração X - (1965/1979)
  • 10% da equipa é da Geração Z - (1997/2012)

 

Prepare a sua marca para as novas gerações. Fale connosco para criarmos uma estratégia, que faça a sua marca crescer com o consumidor e que não fique pelo caminho por não conseguir atualizar-se a tempo.

partilhe
Subscrever Blog
Subscrever Blog

Acompanhe o nosso Blog